Fale Conosco Sindicalize Editais Balancetes Formulários Movimento Sindical e Social Quem Somos



Principal Convênios Acordos e Convenções
Convênios Acordos e Convenções Fale Conosco Sindicalize Formulários Arcordos e Convenções Editais Movimento Sindical e Social Balancetes e Despesas Quem Somos
 

Notícias


JARAGUÁ DO SUL - SC, 15 DE JULHO DE 2021.

 INFORMATIVO BANCÁRIO Nº (11099)07-21

 NOVO PLANO PREJUDICA BENEFICIÁRIOS E COLOCA EM RISCO SUSTENTABILIDADE DA CASSI.

Não são poucos os prejuízos da implantação do novo Plano de Saúde criado pelos Diretores da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco Do Brasil, chamado de “Cassi Essencial”: redução do número de credenciados, falta de transparência e mais atenção aos interesses do Banco do que aos interesses dos Funcionários.

O novo plano foi criado por Diretores e Conselheiros Eleitos e Indicados pelo Banco na Cassi. A justificativa utilizada para a criação da Cassi Essencial é o de atrair os participantes que cancelaram o Plano Cassi Família e desejam uma opção mais barata.

O plano foi criado não apenas para atrair Ex-funcionários e Parentes por consanguinidade, mas Aposentados e Pensionistas e Funcionários oriundos dos Bancos Incorporados. “Na verdade, este é um plano de mercado e quem for aderir ao Cassi Essencial não contará com o patrocínio do Banco e as contribuições patronais. Se Funcionários aderirem mais ao novo produto, haverá redução do número de participantes nos planos de Associados e Cassi Família, colocando em risco a sustentabilidade e todo o sistema de solidariedade da Cassi”, explica Fernanda Carísio, Vice-coordenadora do Conselho de Usuários da Cassi e Assessora do Sindicato do Rio. Na avaliação dos Sindicalistas, o objetivo do novo plano é beneficiar a Empresa e enfraquecer a Cassi. “O Banco poderá forçar Funcionários a migrar para este plano para reduzir suas despesas com a saúde dos Funcionários. A migração de participantes para o novo plano poderá inviabilizar o Cassi Família. Isto vai elevar as mensalidades”, acrescenta Carísio, lembrando que a mudança rompe com o caráter solidário da Cassi para torná-la um plano de mercado privado.

REDE CREDENCIADA LIMITADA: Na avaliação do Sindicato, o plano Cassi Essencial é, inclusive, irregular, pois desobedece ao Estatuto da Entidade e configura crime de responsabilidade com o futuro da Caixa de Assistência dos Funcionários do BB.

A rede credenciada do Cassi Essencial, principalmente nos grandes centros, é bem menor que a rede dos demais planos e o valor pago em coparticipação em exames, consultas e procedimentos também é maior e pode não compensar a redução das contribuições mensais.

Além disso, os Sindicatos denunciam a falta de transparência porque os Diretores da Cassi não divulgaram um comparativo de preços entre os planos Cassi Família e Cassi Essencial, comprometendo a possibilidade de qualquer interessado verificar a relação custo x benefício mais vantajosa.

 

FONTE: SEEB RIO.

 

O SEEB JGS E REGIÃO SC, POSSUI ATENDIMENTO JURÍDICO AOS BANCÁRIOS E SEUS DEPENDENTES. 

47 Visualizações

Galeria de Fotos

Vídeos