Fale Conosco Sindicalize Editais Balancetes Formulários Movimento Sindical e Social Quem Somos



Principal Convênios Acordos e Convenções
Convênios Acordos e Convenções Fale Conosco Sindicalize Formulários Arcordos e Convenções Editais Movimento Sindical e Social Balancetes e Despesas Quem Somos
 

Notícias


JARAGUÁ DO SUL - SC, 22 DE MARÇO DE 2021.

  INFORMATIVO BANCÁRIO Nº (11010)03-21

 CAIXA PRORROGA TRABALHO REMOTO ATÉ 30 DE JUNHO.

Essa era uma reivindicação do Movimento Sindical Bancário, da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa na mesa específica com a Caixa e do Comando Nacional com a FENABAN. Prevaleceu o bom senso e a Direção da Caixa acaba de informar que diante do recrudescimento da Covid-19 em todo o País, o chamado Projeto Remoto Excepcional, que vem a ser o trabalho de Home Office, está prorrogado até o dia 30 de junho. A medida tem sido uma das principais ferramentas para preservar a vida dos Empregados e da População durante a pandemia da Covid-19. Com essa medida, os Grupos de Risco e Prevenção Ampliada Caixa devem permanecer remotamente.

A prorrogação do Home Office é uma reivindicação do Movimento Sindical Bancáio, da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) na mesa específica com a Caixa e do Comando Nacional com a Federação Nacional dos Bancos (FENABAN). “Vamos continuar defendendo o isolamento social. O home office é fundamental para evitar a contaminação dos colegas e minimizar os impactos no sistema de saúde", ressaltou Fabiana Uehara, coordenadora da CEE/Caixa.

Na última Mesa de Negociação a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) solicitou que todos os comunicados que fossem enviados para os Empregados também fossem enviados para a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro. Outra solicitação da Comissão foi sobre a centralidade na definição dos percentuais de Empregados no trabalho remoto. No informativo enviado pela Caixa, ficou definido que cada Vice-Presidência/Diretoria de vinculação seria responsável por indicar o percentual de empregados para o Home Office. 

“Não concordamos com o que a Caixa definiu. Está errado cada Vice-presidência fazer a análise e colocar quem eles definirem. Precisamos que, quanto mais pessoas puderem ficar em casa melhor. E isso precisa ter uma regra clara para toda a empresa e não algo sem definição para os Empregados”, avaliou Fabiana. 

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA: Outra pauta debatida na última mesa de negociação foi sobre o fortalecimento dos protocolos de segurança contra a covid-19. A CEE cobrou que a Caixa avança com relação aos protocolos.  Há denúncias de que não são cumpridos, como a higienização, que não está sendo realizada de forma tempestiva, constante ou de forma correta.

Os Representantes dos Trabalhadores cobraram também a manutenção do rodízio semanal, no qual os Empregados ficam uma semana no trabalho remoto e uma semana no atendimento. “Os Empregados estão cansados das jornadas exaustivas e metas desumanas e ainda não começou o pagamento do auxílio emergencial. Por isso, o rodízio é fundamental”, afirmou Fabiana.

PROJETO REMOTO: O Projeto Remoto é uma modalidade de Trabalho Remoto Simplificado. Foi lançando em março e tinha o prazo de 30 dias. A prorrogação do projeto poderá continuar ocorrendo de acordo com a necessidade do Banco.

 

FONTE: FENAE.

 

O SEEB JGS E REGIÃO SC, POSSUI ATENDIMENTO JURÍDICO AOS BANCÁRIOS E SEUS DEPENDENTES. 

1238 Visualizações

Galeria de Fotos

Vídeos