Fale Conosco Sindicalize Editais Balancetes Formulários Movimento Sindical e Social Quem Somos



Principal Convênios Acordos e Convenções
Convênios Acordos e Convenções Fale Conosco Sindicalize Formulários Arcordos e Convenções Editais Movimento Sindical e Social Balancetes e Despesas Quem Somos
 

Notícias


JARAGUÁ DO SUL - SC, 03 DE FEVEREIRO DE 2021.

 INFORMATIVO BANCÁRIO Nº (10964)02-21

 REESTRUTURAÇÃO: SINDICATO COBRA DO BANCO DO BRASIL REALOCAÇÃO DE BANCÁRIOS.

Representantes do Banco garantiram que Funcionários em excesso das agências em extinção estão sendo reposicionados, mas informaram que ainda falta equacionar vagas dos escritórios digitais.

Dirigentes do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região reuniram-se com representantes do Banco do Brasil para cobrar a relocação sem perda de comissão dos Funcionários em excesso das agências e escritórios digitais que estão sendo extintos por conta da nova reestruturação que está sendo promovida pela Direção da Empresa.  

A reunião foi realizada virtualmente na terça-feira 2, com integrantes da Gepes (Gestão de Pessoas), e das Superintendências de São Paulo PJ; PF (Estilo/Exclusivo); e Especializada (Varejo).  

Os representantes do Banco informaram que os Funcionários subordinados às superintendência PJ, PF e Varejo já estão sendo realocados, sem perda de comissão, mas ainda falta equacionar algumas vagas de gerentes de conta dos escritórios digitais.  

“É importante frisar que, mesmo em meio às adversidades causadas pela pandemia, estes colegas evidenciaram todo seu esforço e profissionalismo por meio do atingimento dos resultados. Por esta razão o Banco tem o dever de os acolher, sem perda de comissão”, afirma a Dirigente Sindical e Bancária do Banco do Brasil Adriana Ferreira.  

CONTRA A DISCRIMINAÇÃO DE GÊNERO: O Sindicato levantou a preocupação com as Bancárias que, devido à especificidade de dupla jornada e de estarem em home office, correm mais risco de serem discriminadas nas escolhas de descomissionamento.  

“Bancárias com filhos, chefes de família, ou que detêm a maior responsabilidade com a família e a casa poderiam ser preferidas e afastadas das possibilidades de comissionamento”, sugere Adriana, enfatizando que o Banco se comprometeu a fazer tudo o que se está ao alcance pra que todos os Trabalhadores mantenham comissão e sejam alocados adequamente.  

“Estamos acompanhando a questão e vamos continuar cobrando do Banco medidas para solucionar a situação destas Trabalhadores”, afirma a Dirigente.

Os Funcionários que estiverem com problemas relacionados à realocação devem entrar em contato com Sindicato, por meio de um Dirigente Sindical ou pelos Canais da Entidade, para relatar o problema. 

Para formalizar sua denúncia, sugestões ou manifestações, envie sua mensagem para a Central de Atendimento ao Bancário (CAB), no E-mail(presidente@seebjgssc.com.br), ou se preferir através do fone Celular (47) 99168-0102 falar com Sr. Odilon Fernandes, ou via WhatsApp com o mesmo número. Salientamos que esses dados serão mantidos em absoluto sigilo.

 

FONTE: SEEB SP com edição SEEB JGS E REGIÃO SC.

 

O SEEB JGS E REGIÃO SC, POSSUI ATENDIMENTO JURÍDICO AOS BANCÁRIOS E SEUS DEPENDENTES. 

165 Visualizações

Galeria de Fotos

Vídeos