Fale Conosco Sindicalize Editais Balancetes Formulários Movimento Sindical e Social Quem Somos



Principal Convênios Acordos e Convenções
Convênios Acordos e Convenções Fale Conosco Sindicalize Formulários Arcordos e Convenções Editais Movimento Sindical e Social Balancetes e Despesas Quem Somos
 

Notícias


JARAGUÁ DO SUL - SC, 14 DE SETEMBRO DE 2020.

  INFORMATIVO BANCÁRIO Nº (10848)09-20

 ENTENDA AS MUDANÇAS NA PLR DA CAIXA.

Com a informação de que a Caixa Econômica Federal atendeu a reivindicação e irá antecipar o pagamento da Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) e do Abono Único na nesta segunda-feira (14), os empregados da Caixa precisam entender as mudanças nas regras da PLR.

Até o último acordo, fechado em 2018, a primeira parcela da PLR era paga levando em consideração o Lucro Líquido Presumido para o ano. Já no acordo atual, será paga sobre o Lucro Líquido do primeiro semestre, que foi de R$5,6 bilhões. “A mudança não traz prejuízos, já que o lucro líquido projetado para o ano é de cerca de 9 bilhões reais, o que faria o valor correspondente à PLR SOCIAL e à PLR adicional da FENABAN (os 4% e os 2,2%) correspondessem à 50% dos R$ 9 bi, portanto à R$ 4,5 bi.

Como o lucro do semestre foi de R$ 5,6 bi, essas parcelas que distribuem um percentual do lucro serão maiores na antecipação do que se fosse calculado com base no lucro líquido projetado”, explicou Leonardo dos Santos Quadros, que é membro da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/ Caixa). “Ou seja, será pago 50% do percentual de 90% do salário e da parcela fixa de R$ 2.529,53 reais – valores anuais da PLR. Agora, o valor corresponde à metade destas parcelas e as parcelas que distribuem percentuais do lucro, PLR ADICIONAL FENABAN, que paga 2,2%, e PLR Social, 4% serão calculadas sobre os 5,6 bi do lucro do semestre”, completou.

PLR E PLR SOCIAL: Outra novidade é o limite máximo de 3 Remunerações Básicas, imposta pelo Governo Federal. Por meio da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), a PLR e PLR Social estão limitadas a no máximo três Remunerações Básicas (RBs) por empregado. A limitação feita pelo Governo é de um equívoco gigantesco. Mas o SEST condicionou a sua autorização pra Caixa extrapolar o limite permitido para poder pagar a PLR SOCIAL se tivesse essa restrição. A PLR SOCIAL era importante para os Empregados.

 

FONTE: SEEB SP.

 

O SEEB JGS E REGIÃO SC, POSSUI ATENDIMENTO JURÍDICO AOS BANCÁRIOS E SEUS DEPENDENTES.

55 Visualizações

Galeria de Fotos

Vídeos